ZIDANE: “Sérgio Ramos e Ronaldo nunca vão me trair”, Veja:

Princípio de contestação não afeta o técnico do Real Madrid, que confia no apoio dos jogadores.

339

Se os oito pontos de distância para o líder Barcelona fizeram soar os alarmes no Real Madrid, a derrota frente ao Tottenham, por 3-1, para a Liga dos Campeões, disparou o ruído no universo merengue e despertou a contestação àquele que há pouco mais de uma semana foi coroado melhor treinador do mundo.

Zinédine Zidane é encarado pela crítica como o principal responsável pelo mau momento dos blancos, mas a verdade é que, apesar dos rumores de que Mauricio Pochettino poderia estar na calha para eventual sucessor no cargo, o técnico, de 45 anos, continua de pedra e cal no Santiago Bernabéu.

“Estou no Real Madrid e só penso no que estou a fazer agora. Não consigo saber o que vai acontecer no futuro”, vincou, em declarações ao jornal francês ‘L’Équipe’, o treinador que conta com o apoio incondicional do balneário merengue, em especial de Cristiano Ronaldo e Sérgio Ramos, nos quais Zidane parece confiar cegamente. “São homens nobres, que nunca vão me trair”, frisou o técnico do Real Madrid.

Bale está recuperado
De olhos postos na receção de domingo ao Las Palmas, Gareth Bale foi a grande novidade no treino desta sexta-feira. O galês está recuperado e deverá integrar a convocatória, enquanto Carvajal e Varane continuam com limitações. O lateral tem como meta estar apto para o dérbi com o Atlético, dia 18, enquanto o central mantém a esperança de voltar já este fim de semana. Tudo dependerá do último treino antes do jogo…

Fonte: Record

LEIA MAIS:  Thiago Neves perde em primeira instância ação contra o Fla por direito de arena